Categorias
Configurar armazenamento local

Criar e remover volumes físicos, atribuir volumes físicos a grupos de volume, e criar e excluir volumes lógicos

1- Primeiro crie um volume físico de um dispositivo usando o comando pvcreate. O pvcreate inicializa o dispositivo – quando formatado corretamente com fdisk – para ser usado com o gerenciador de volumes lógicos.

Categorias
Criar e configurar sistemas de arquivo

Criar e configurar diretórios GID para colaboração

Para criar diretórios de colaboração, primeiro crie um grupo onde todos terão as permissões de acesso desejadas. Por exemplo, “RH” (recursos humanos). Depois crie uma pasta, e faça o grupo RH ser dono da pasta. Por ultimo, configure as permissões de acesso do grupo e adicione usuários ao grupo.

Categorias
Criar e configurar sistemas de arquivo

Criar, montar, desinstalar e usar sistemas de arquivos vfat. ext4 e xfs

Para criar arquivos de sistemas no Linux, use o comando mkfs. O comando mkfs é usado para criar arquivos de sistemas em um dispositivo.

Categorias
Criar e configurar sistemas de arquivo

Ampliar os volumes lógicos existentes

Quando modificando o tamanho de um volume lógico, são 2 etapas: primeiro, adicionamos o espaço ao volume. Em segundo, temos que formatar com o arquivo de sistema correto (xfs, por exemplo) para poder usar o espaço adicionado.

Categorias
Criar e configurar sistemas de arquivo

Montar e desinstalar sistemas de arquivos de rede CIFS e NFS.

NFS

Para montar sistemas de arquivos NFS, você precisa do pacote nfs-utils. Caso não lembre, faça uma busca com o instalador yum por “utils” e grep por nfs, como no exemplo abaixo:

Categorias
Implantar, configurar e manter sistemas

Configurar sistemas para iniciar máquinas virtuais na inicialização.

O virsh é um comando muito poderoso, e você deveria saber os comandos básicos aqui apresentados caso quevai se tornar um administrador de máquinas virtuais. Ele pode ser usado para criar, pausar, e desligar máquinas virtuais.

Categorias
Gerenciar usuários e grupos

Alterar senhas e ajustar tempo de senha para contas de usuário locais.

Use o comando chage para alterar tempo de senhas (expvaição do password e conta de usuário), e uso o comando passwd para atualizar o password de um usuário.

Categorias
Gerenciar usuários e grupos

Criar, excluir e modificar contas de usuário locais

Usuários no Linux RHEL são adicionados, modificados e atualizados com comandos específicos. Os arquivos que armazenam informação de usuários são o /etc/passwd e o /etc/shadow.

Categorias
Implantar, configurar e manter sistemas

Configurar sistemas para inicializar em um determinado alvo automaticamente

No exame RHCSA poderão pedir para você definir o alvo(target) padrão de inicialização do Linux Red Hat. Estes podem ser multi-user.target ou graphical.target. Para ver todos os alvos disponíveis no sistema, vá em /etc/systemd/system
Use a ferramenta de sistema systemctl para averiguar em qual alvo padrão esta configurado atualmente:
#systemctl get-default
Esse comando retorna em qual alvo o sistema vai boot(iniciar). Para definir em qual alvo o sistema vai iniciar de forma padrão, use #systemctl set-default
#systemctl set-default multi-user.target
Para iniciar na linha de comando sem interface gráfica.
OU
#systemctl set-default graphical.target
Para começar na interface gráfica, quando instalada.
Caso quevai temporariamente usar um alvo para averiguar algum problema, use a opção isolate, ao qual vai temporariamente entrar no alvo requerido ate um novo reboot. Atenção que o alvo usado em isolate é temporário, e não resiste a uma reinicialização do sistema.
#systemctl isolate graphical.target
No exemplo acima, caso o alvo padrão seja o multi-user.target, o alvo será mudado para o graphical.target, ate uma novo reinicialização do sistema, ao qual vai voltar ao alvo padrão. (multi-user.target, por exemplo).
Use man systemctl para se familiarizar com comando principais desse requerimento para o exame, tais como set-default, get-default, e isolate.

Categorias
Implantar, configurar e manter sistemas

Inicialize e pare e configure serviços para iniciar automaticamente no boot

Para começar serviços automaticamente, você deve habilitar (enable) o serviço usando o comando systemctl.
Primeiro, veja o estado atual do servico:
#systemctl is-enabled
#systemctl is-enabled httpd
No comando acima, checamos se o pacote de web server apache (httpd) esta habilitado para começar como um serviço (Em linux, chamamos serviços de daemon). Caso esteja desabilitado(disabled), use o comando abaixo para habilitar o daemon:
#systemctl enable httpd
Ou use para desablitar o servico:
#systemctl disable httpd